Gerente de projetos SAP – Uma carreira de liderança!

Você está aqui:>>>Gerente de projetos SAP – Uma carreira de liderança!
  • Gerente de Projetos SAP

Gerente de projetos SAP – Uma carreira de liderança!

Desenvolver um projeto SAP para uma empresa não é tarefa trivial e o gerente de projetos SAP exerce um papel fundamental em cada etapa desse processo.

Mas o quê exatamente faz o gerente de projetos SAP? Quais habilidades e conhecimentos ele deve ter? Qual é a sua remuneração?

Neste artigo conheceremos um pouco mais sobre o perfil e a rotina de um gerente de projetos SAP.

O que é um projeto SAP?

De forma geral, um projeto é um esforço temporário, com prazo definido, que tem como objetivo criar um novo produto ou serviço, ou então promover melhorias em um já existente.

Nesse aspecto, o projeto difere totalmente das atividades rotineiras que mantêm uma empresa em funcionamento. O projeto tem sempre o caráter de agregar algo novo.

Assim, implantar o sistema SAP em uma empresa é certamente o mais complexo dos desafios que um gerente de projetos SAP pode receber.

Promover melhorias em um sistema SAP já instalado é outra missão bastante comum confiada a um gerente de projetos SAP.

Qual é o papel do gerente de projetos SAP?

Em um projeto, tão ou mais crítico que os seus aspectos técnicos, é a necessidade de lidar com diferentes áreas e interesses dentro da empresa.

Quebrar a resistência às mudanças e conduzir uma equipe de trabalho possivelmente numerosa e composta por pessoas de diferentes perfis, é um desafio.

O gerente de projetos é o principal responsável pelo sucesso do projeto. A ele cabe garantir seu planejamento, sua execução e sua conclusão.

solution manager

Assim, o gerente de projetos estará diretamente envolvido em ações como:

  • Definir as funções de cada integrante da equipe do projeto e acompanhar a execução;
  • Controlar o andamento do projeto, principalmente em relação ao cumprimento dos prazos e à observância do orçamento;
  • Administrar eventuais problemas durante o andamento dos trabalhos;
  • Fazer o controle de qualidade das entregas e assegurar a evolução das fases do projeto;
  • Documentar erros e acertos ao final do projeto.

Que habilidades são necessárias a um gerente de projetos?

Um gerente de projetos precisa ter ou desenvolver algumas habilidades e competências específicas para lidar com diferentes situações.

Entre as principais competências requeridas, destacam-se as seguintes:

  • Ser organizado e disciplinado;
  • Exercer liderança;
  • Praticar e estimular a boa comunicação;
  • Saber negociar;
  • Administrar riscos e crises.

Diferenciais de um gerente de projetos SAP

Além das habilidades citadas, comuns aos gerentes de projetos em geral, alguns conhecimentos adicionais completam o perfil de um gerente de projetos SAP, como por exemplo:

  • O conhecimento do negócio e da solução SAP;
  • O conhecimento das metodologias próprias da SAP;
  • O conhecimento de ferramentas SAP para uso durante o andamento dos projetos;
  • O conhecimento dos diferentes tipos de projetos SAP (implantação, upgrade, rollout, template global, migração, etc.).

A importância do uso de uma metodologia

Para um gerente de projetos, é essencial conhecer e aplicar metodologias de trabalho, pois elas reúnem muitas das melhores práticas de gestão conhecidas.

No mercado, uma das principais referências metodológicas em gestão de projetos é o guia PMBOK (Project Management Body of Knowledge).

Mais recentemente, passaram a ser amplamente utilizadas as chamadas metodologias ágeis, com destaque para o método SCRUM.

Entretanto, considerando algumas especificidades dos projetos envolvendo suas plataformas, a SAP desenvolveu uma metodologia própria para a gestão de projetos SAP, o Accelerated SAP (ASAP).

Posteriormente, a SAP criou outra metodologia, a SAP Activate, que gradualmente vai tomando o lugar do ASAP.

Sobre o ASAP

metodologia asap

Na metodologia ASAP, o projeto é dividido em cinco fases:

  • Planejamento do projeto: nessa fase, faz-se o planejamento inicial do projeto, com escopo, cronograma, estimativas, definição da equipe de projeto, premissas técnicas, estratégias e levantamento de riscos.
  • Blueprint: aqui a gestão do projeto ganha corpo, com o treinamento dos key users e usuários finais, o levantamento dos processos nas áreas de negócios, a definição das mudanças organizacionais e estratégias para a sua realização, a definição dos novos processos, a criação do ambiente de desenvolvimento.
  • Realização: nessa fase ocorre o desenvolvimento da solução, com a construção de programas, configuração da base, documentações técnicas, desenvolvimento de interfaces, testes individuais, testes integrados, treinamento de usuários e configuração final da solução.
  • Preparação final: aqui são realizados testes de stress e testes de volume, definem-se a estratégia e o planejamento da implantação e os últimos treinamentos de usuários são realizados.
  • Go live / suporte: envolve a realização de ajustes do ambiente, a transferência de pré-produção, o suporte aos key users e aos usuários finais e o encerramento do projeto.

Em todas as fases, há um trabalho de controle de qualidade.

Sobre o SAP Activate

Assim como as soluções SAP evoluem, a metodologia para gestão dos projetos de implantação também precisam acompanhar essas mudanças. Foi assim que surgiu o SAP Activate, nova metodologia para gestão de projetos SAP.

sap activate metodologia

No SAP Activate, o projeto é dividido nas seguintes fases:

  • Discover: define o escopo do projeto;
  • Preparação: semelhante à fase de palnejamento da metodologia ASAP;
  • Explore: substitui a antiga fase de Blueprint, já com a elaboração do plano de sprints a serem cumpridos envolvendo construção e testes;
  • Realização: a principal diferença a partir dessa fase é que na metodologia ASAP, as implantações eram definidas em cascata, enquanto no SAP Activate são definidos sprints, seguindo o conceito adotado pelas metodologias ágeis;
  • Deploy: substitui a antiga fase de preparação final;

Além das diferenças na divisão das fases, há mudanças mais profundas, que dão outra perspectiva à visão dos projetos.

Qual deve ser então a formação de um gerente de projetos SAP?

Conforme vimos, o gerente de projetos SAP precisa lidar com diferentes habilidades, que ele não aprenderá em uma única formação.

Assim, independentemente de sua formação acadêmica, o importante é que o gerente de projetos SAP desenvolva as competências aqui elencadas.

Você tem interesse em tornar-se um profissional especializado SAP? O primeiro passo é informar-se sobre um bom curso sap que possa oferecer a capacitação mais adequada às suas aspirações.

Quanto ganha um gerente de projetos SAP?

Algumas pesquisas de mercado apontam para salários entre R$ 11,5 mil e R$ 15,5 mil, com média de R$ 13,5 mil.

É interessante notar que as mesmas pesquisas indicam que um gerente de projetos de TI (não SAP) tem salários entre R$ 7,5 mil e R$ 11,9 mil, com média em torno de R$ 9,5 mil.

Portanto, a pesquisa salarial confirma a maior valorização dada ao gerente de projetos SAP, o que não deixa de ser um prêmio pelo investimento em uma formação mais especializada.

Conclusão

Onde há projetos SAP, há gerentes de projetos SAP atuando. Portanto, é um mercado com perspectivas para quem quer buscar uma ascensão como especialista em soluções SAP.

Gerente de projetos SAP – Uma carreira de liderança!
5 (100%) 2 votos

Sobre ou Autor:

Bacharel em Ciências da Computação, seu perfil profissional está solidamente construído com experiência no sistema SAP ERP. São mais de 19 anos de utilização, com projetos de implantação, upgrade, melhorias, suporte e treinamentos.

Deixar Um Comentário

error: Desculpe, a cópia de conteúdo não é permitida.