Realidade Aumentada – Mundo real ou virtual?

Você está aqui:>>>Realidade Aumentada – Mundo real ou virtual?
  • realidade aumentada

Realidade Aumentada – Mundo real ou virtual?

Talvez você a associe a aplicativos de entretenimento, mas saiba que a utilização da realidade aumentada (RA) vai muito além disso.

Com efeito, soluções baseadas em RA começam a surgir nos mais variados campos da atividade humana, das artes à medicina.

Neste artigo, você vai conhecer um pouco mais sobre o conceito e as aplicações práticas de Realidade Aumentada.

O que é a Realidade Aumentada?

De forma resumida, a Realidade Aumentada é um recurso tecnológico que permite estender o mundo real, acrescentando a ele elementos virtuais com os quais podemos interagir.

O jogo Pokemón Go, lançado em 2016, ajudou a popularizar o conceito, que já existia muito antes.

No jogo, era preciso capturar personagens do desenho, que andavam à solta pelas vias públicas e apareciam nas telas dos celulares que tinham o aplicativo instalado.

pokemon go realidade aumentada 1

Esse conceito difere do apresentado pelo Google Glass, conhecido produto da Google, que apenas exibe informações, não tendo nenhuma relação com o ambiente real em que a pessoa se encontra.

A origem da RA

Muito antes do atual estágio de desenvolvimento da tecnologia, a ideia de realidade aumentada já estava presente na literatura fantástica.

Por exemplo, o escritor norte-americano Lyman Frank Baum, autor de “O Mágico de Oz”, escreveu em 1901 um livro chamado “A chave mestra: um conto de fadas elétrico”, em que existe um par de óculos que permite enxergar os traços de personalidade das pessoas.

Fora da ficção, a partir do final dos anos 1950, diversas experiências começaram a explorar elementos típicos de realidade aumentada.

Um marco importante para o desenvolvimento do uso da Realidade Aumentada foi o surgimento das etiquetas 2D (QR Code).

Os códigos de barras já se mostravam muito limitados como depósitos de informações para leitura.

Assim, os códigos 2D surgiram com a possibilidade de armazenar muito mais informação, incluindo dados para a projeção de imagens.

Como funciona a RA?

Primeiramente, uma câmera deve capturar imagens do ambiente ou do objeto real sobre o qual será projetado o elemento virtual.

Com a ajuda do GPS, um software recebe as informações e gera um objeto tridimensional que será projetado sobre a imagem real, permitindo a interação do usuário em tempo real.

Assim, cria-se um efeito de realidade aumentada, com uma inteligência de localização.

Antes de mais nada, o software de RA já contém a definição dos elementos virtuais que serão projetados. Ele só precisa dos dados do mundo real para combiná-los.

realidade aumentada com oculos

No caso das etiquetas 2D (QR Code), as informações nelas contidas são parte da informação do mundo real, que um software adequado saberá interpretar para propiciar ao usuário alguma forma de visualização e interação.

Realidade Aumentada é diferente de Realidade Virtual

Embora apresentem elementos em comum, são dois recursos tecnológicos distintos.

A principal diferença está no fato de que a Realidade Virtual (RV) propõe ao usuário um mergulho em um ambiente 100% virtualizado, mesmo que seja uma reprodução fiel de um ambiente real.

Por outro lado, a proposta da RA é preencher ou complementar o ambiente real com elementos virtuais.

Assim, na RV, o usuário sai de seu mundo real e entra em um mundo virtual. Na RA, elementos virtuais  são trazidos para o mundo real.

Aplicações da RA nas empresas

A RA tornou-se bastante popular como entretenimento. Entretanto, é crescente a quantidade de soluções criadas com o uso dessa tecnologia, para as mais diversas finalidades, como:

  • Orientar o trabalho de equipes distribuídas em locais remotos;
  • A realização de conferências com participantes reais e virtuais;
  • A realização de treinamentos envolvendo simulação de situações reais;
  • A realização de trabalhos conjuntos envolvendo modelos 3D simulados;
  • Apresentar aos clientes o catálogo de produtos com preços e informações adicionais;
  • Permitir ao cliente visualizar como um produto ficaria se fosse instalado em sua casa;
  • Permitir a uma cliente fazer simulações de aplicação de produtos de maquiagem;
  • Permitir a um cliente “experimentar” virtualmente peças de vestuário;
  • Apresentar informações sobre locais turísticos ou históricos;
  • A simulação de cores na escolha das tintas a serem utilizadas em um imóvel;
  • Campanhas publicitárias ou peças de comunicação em geral;
  • Etc.

A SAP também utiliza a RA

A SAP, líder mundial em software de gestão empresarial, não está indiferente ao desenvolvimento das tecnologias de RA.

Com aplicativos móveis baseados em RA, profissionais de campo têm acesso a dados importantes para suas tarefas em tempo real.

O aplicativo SAP AR Warehouse Picker

Por exemplo, com o aplicativo SAP AR Warehouse Picker e o uso de óculos inteligentes, é possível receber instruções através de visualização e reconhecimento de voz.

É utilizado por profissionais que trabalham em armazéns e contribui para melhorar os níveis de segurança, atenção e eficiência, além de permitir a realização de tarefas sem a intervenção manual.

Esse aplicativo também fornece informações sobre a localização de produtos no estoque e emite instruções para a prevenção de acidentes.

Por fim, ele ainda conta com um recurso de autenticação baseado nas visualizações fornecidas pelos óculos, que elimina a necessidade de seu usuário ter que  informar nome, senha e outras informações.

O aplicativo SAP AR Service Technician

Por sua vez, o aplicativo SAP AR Service Technician possibilita o acesso a instruções visuais sobre a forma adequada de aplicação do serviço dentro do modelo de produção, sem a necessidade de intervenção manual.

O aplicativo também tem um serviço que permite solicitar o apoio de um especialista à distância.

O Service Technician é utilizado por profissionais de serviços técnicos. Ele reúne recursos avançados, como o reconhecimento de voz, animação em 3D e busca passo a passo.

Conclusão

Entre tantas novas tecnologias que têm surgido e ganhado espaço no mercado, a Realidade Aumentada é uma que pode ser apontada como tendência, convergindo para a grande transformação digital pela qual as empresas passarão nos próximos anos.

Contudo, RA é um conceito ainda em exploração. Muitas formas inovadoras de utilizá-la devem surgir nos próximos anos.

Mas desde já, investir em soluções de Realidade Aumentada pode trazer benefícios para as empresas, tanto com o aumento de produtividade, como vimos nos exemplos de aplicativos da SAP, quanto com a experiência a ser proporcionada aos clientes.

Realidade Aumentada – Mundo real ou virtual?
4.8 (95%) 4 votos

Sobre ou Autor:

Bacharel em Ciências da Computação, seu perfil profissional está solidamente construído com experiência no sistema SAP ERP. São mais de 18 anos de utilização, com projetos de implantação, upgrade, melhorias, suporte e treinamentos.

Deixar Um Comentário

error: Desculpe, a cópia de conteúdo não é permitida.